Esclarecimento da Câmara sobre a GMH

É com satisfação que o Legislativo recebeu a notícia de que a GMH retomou as atividades, paralisadas devido a pronunciamentos de alguns vereadores na tribuna.
Em nenhum momento houve a intenção de denegrir a imagem da empresa, de seus administradores ou funcionários. Havia sim o interesse de se averiguar possível conduta imprópria da Administração Pública em serviços de infraestrutura realizados pela GMH em seus terrenos, que se comprovou não ter ocorrido.
A Câmara tem dado total apoio à instalação da GMH, confiando que o empreendimento trará dividendos à empresa e ao município.
A votação para doação dos terrenos foi célere e aprovada por unanimidade, inclusive com esforço pessoal de vereadores na busca de documentos que assegurassem a fundamentação legal do processo.
Representantes do Legislativo acompanham de perto a instalação do complexo avícola, sempre dispostos a colaborar para que os trabalhos se desenvolvam da melhor forma possível.
É inquestionável que a geração de empregos é prioridade para o município e todos estão unidos em torno deste objetivo.
Mas também cabe a Câmara Municipal de Itararé reafirmar o direito constitucional dos vereadores, no exercício de sua função, de se manifestarem livremente e emitirem suas opiniões, inclusive as divergentes da maioria.
Aliás, o contraditório e a pluralidade de ideias são a essência do regime democrático.
Excessos, se ocorrerem, são passíveis de apreciação pelo Regimento Interno e até mesmo pelo poder Judiciário.
Esperamos sinceramente que o relacionamento da GMH com o Legislativo seja pautado pela transparência, sempre por meio do diálogo e da busca do consenso.

SÉRGIO LUIS STADLER
Presidente da Câmara Municipal de Itararé